Animais, Azar

Festa na Vizinhança

Crowd of young boys and girls dancing at disco

Às 3 da manhã desta terça fui por o lixo pra fora – um horário absolutamente normal para quem tem insônia.

As ruas desertas conferiram um clima tétrico a meu bairro – o que fez gelar minha espinha. Mas vá lá.. eu tinha que fazer aquilo. Carregava com dificuldade aquele pesado saco de lixo da família Lopes e ao me aproximar daquela enorme montanha de detritos, escutei passos apressados e, de súbito, olhei logo em volta. E eram.. ratos pertencentes a uma ou várias famílias (não pude contar ao certo)

Na verdade, “rato” é uma palavra pequena para descrever aqueles roedores, pois, eram ratazanas enormes. Puxei uma força do inferno para lançar meu saco de lixo para seus pares e saí correndo. No caminho de volta para casa ainda cruzei com um deles e nos  encaramos durante algum tempo. Todavia, assustados decidimos ir embora: o Rio de Janeiro anda muito perigoso.

Anúncios
Padrão

Um comentário sobre “Festa na Vizinhança

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s