Azar, Humor

Seu Elias

barber_shop_disaster

Este domingo foi um destes fatídicos dias onde reuni forças pra sair de casa, vencendo as forças da natureza só pra ir cortar o cabelo e ficar bonitão. Meu barbeiro não estava por lá então cortei o cabelo com o seu sócio – nascido na época onde Fusca era um carro de luxo.

Mas vá lá experiência é o que conta! Esqueci desta particularidade e fiquei blasfemando contra as numerosas kombis piratas que circulavam – uma praga (muito barulhenta) típica da periferia do RJ. Falei ao vento, porque o Seu Elias sequer me deu trela. Então me calei.

O barbeiro que parecia recém saído dos sobreviventes da Segunda Guerra Mundial tinha um tique de balançar levemente as mãos enquanto trabalhava. E para alguém impressionável como eu, que assistiu Brinquedo Assassino III e quase mijou nas calças, ver aquela navalha se aproximando e se distanciando do meu pescoço remeteu-me a lembrança do Chuck cortando o pescoço de um militar no filme. Foi realmente pavoroso.

Prendi a respiração e fechei os olhos (como se o tempo fosse passar mais rápido). Devo até ter quebrado meu recorde (de 2m 15s) prendendo a respiração. E ele dizendo algo humanamente impossível :

– Fica quietinho pra eu fazer perto da orelha.

Eu não sei como não pulei daquela cadeira e dei um soco na cara daquele homem! E quando ele foi pra parte traseira do meu pescoço, eu já fui levantando e dizendo:

– Opa! Eu tenho um compromisso.. vamos deixar pra outro dia, beleza amigão?

Eu não iria contar com a sorte. O medo falou mais alto.

Anúncios
Padrão

Um comentário sobre “Seu Elias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s