Azar, Mulheres

Noite Romântica

13cf6fe5b2a2c343

Numa de minhas viagens à São Paulo dormi na casa de uma namorada. Foi um gostoso reencontro após tantas semanas longe um do outro.

Atendendo a pedidos, dividi minha cama. Porém, para a minha tristeza, Camila logo adormeceu e eu segui desperto, deitado de conchinha naquela cama. Minha amante, chamada Insônia não me abandonara e dividimos os três aquela cama de solteiro.

Minha companhia interrompeu meus pensamentos ao dar um longo suspiro. Eu sorri achando que ela tinha acordado e quando ia tecer um comentário ela jogou os braços para trás, acertando em cheio minha cara com seus punhos.

De certo, desacostumada a dormir acompanhada: ela tinha esquecido que eu estava ali.

Comecei a lacrimejar após receber aquele golpe no nariz. Meu braço esquerdo estava dormente e permaneceu inerte embaixo do meu travesseiro. Coube ao direito vir à meu socorro e minha mão tocou minha face.

E a Loira? Bem, ela nem acordou. Apenas permaneceu com os braços naquela posição – o que me fez pensar como alguém conseguia dormir daquele jeito.

Foi uma noite romântica, no entanto.

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s