Humor

Pai e Filho

516764eeddf37c3d0d1a3482ffaa973a

Há alguns anos, fui com quatro amigos no único cemitério que existia numa cidadezinha no interior do Espírito Santo. Até então só tinha visto cemitério em filmes ou por fotos e me surpreendi com todos aqueles túmulos por lá.

Ficamos tirando fotos, bebendo vodka, trocando as homenagens e flores de um túmulo a outro e dando muita risada também. Para completar a manhã, prendemos meu primo Ronaldo em um dos túmulos passando aquela tampa de concreto por cima, foi muito engraçado.

Em dado momento, avistamos ao longe pai e filho caminhando de mãos dadas. A criança que deveria ter uns 6 anos caminhava de cabeça baixa e seu pai apontava para um local ermo, provavelmente onde a mãe do pequeno estava enterrada, eu imaginava. Paramos com aquela zoação toda e ficamos observando. Agora a criança olhava um túmulo qualquer. Estava de costas para o pai. Uma cena que se desenrolava até então sem diálogos – algo digno de se observar. E então, o pai que estava há alguns metros gritou:

– Vai filhão! – enquanto erguia um objeto aos céus: era uma pipa. A criança na mesma hora se virou fazendo aqueles gestos todos com as mãos e a pipa alçou voo.
– Ahhhhhhhhhh – dissemos ao mesmo tempo.

E voltamos pra nossa farra entre as tumbas

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s