Uncategorized

Sarada Chat Uol

 

bd

Há alguns anos, diferentemente dos dias atuais, a febre da internet não era Facebook ou mesmo Orkut e sim salas de bate papo hospedadas em sites famosos cá no Brasil.

Era uma época em que eu ficava acordado até de madrugada só pra ver Cine Privê aos sábados, na Band. Eu tinha quase 20 anos e era ingênuo feito um inseto. Então pra mim foi super excitante quando uma certa “Loira/Sarada/RJ” puxou conversa comigo.

Após um curto papo onde me contou do amor da sua vida: a academia, ela me convidou a falarmos por web cam no MSN. Eu todo empolgado, afinal, veria pela primeira vez alguém por vídeo e talvez, quem sabe encontrasse uma namorada.

Antes de ligar minha câmera, lembro que dei uma arrumada no quarto da minha tia Jeane, guardando debaixo da cama a tábua de passar roupas e outros objetos desabonadores – que por sinal esqueci e jamais expliquei como foram parar lá.

Quis surpreender a Loira contando orgulhoso que tinha um emprego e morava sozinho. Consciente de que estava prestes a conversar na CAM com uma sarada, decidi ousar e fiz vinte flexões (tá bom, tá bom dezoito) e alguns abdominais enquanto segurava atrás da cabeça um saco de arroz Tio João 1 kg.

Nu diante do espelho percebi, para meu desalento, que ainda continuava parecendo o Mr. Bean, então pus a camisa de volta e sentei na cadeira ofegante.

Quando minha cia ligou a web cam avistei um peitoral que faria inveja a muito marmanjos por íai e boquiaberto assisti aquele showzinho. Realmente, a loira era sarada (e põe sarada nisso) e só fui entender realmente o que era fisiculturismo quando ela virou de costas, exibindo-se. Vendo minha cara de babaca ela perguntou:

– Impressionado?
– Muito! – eu respondi!

E ela se abaixava, ela se levantava, ela balançava as pernas no ar, ela mexia nos cabelos.

-Posso te ver? – ela me pediu durante nossa conversa.

E eu desconversando, pois naquela época era maratonista e estava bastante magricela. Na décima quinta desculpa subi minha bermuda querendo encerrar aquela brincadeira. Ao que a Sarada ordenou, sem paciência:

-LEVANTA JÁ AGORA, MATHEUS!

Eu ensaiei algumas vezes, tentando parecer sensual ao que ela finalmente desistiu, me chamou de idiota e nunca mais apareceu online pra mim. Minha Paixão Platônica tinha ido embora.. para sempre.

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s